LIVE Medicina Interna 12 - outubro/dezembro 2017

Miguel Castelo-Branco, assistente graduado sénior de Medicina Interna e Medicina Intensiva do Centro Hospitalar Cova da Beira (CHCB) e professor associado com agregação da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS) da Universidade da Beira Interior (UBI), assumiu há alguns meses a presidência da Sociedade Portuguesa de Simulação Aplicada às Ciências da Saúde (SPSim), que ajudou a criar.



Em entrevista à Just News, o médico de 56 anos diz que, em Portugal, a simulação em Medicina tem uma “grande aplicação e espaço de manobra”, sendo necessário dar um salto em contexto de formação pós-graduada, com o objetivo de melhorar ainda mais a sua qualidade.

Imprimir