Urgência do CHLeiria vai ter Área Dedicada a Doentes com suspeita de infeção respiratória

O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) acaba de anunciar que vai dar início à construção de uma Área Dedicada a Doentes com suspeita de Infeção Respiratória no Serviço de Urgência (ADR-SU) do Hospital de Santo André.

O objetivo da medida visa "garantir resposta adequada ao expectável agravamento da afluência devido ao crescimento epidémico da Covid-19 e o aumento previsível da incidência de outras infeções respiratórias agudas".

A nova ADR-SU e nova área de internamento covid-19 vão ocupar parte da área afeta atualmente ao Serviço de Medicina Física e Reabilitação. O espaço inclui uma sala de emergência, uma área de receção e espera, um gabinete de triagem, três gabinetes médicos, uma sala de tratamento, uma sala de observação com sete cadeirões e dez macas, uma enfermaria com capacidade para alocar 20 camas; três quartos de isolamento e uma sala de raio-x portátil.

É também adiantado pelo CHL que esta nova valência terá um acesso externo próprio, "o que permite a separação dos circuitos dos doentes com suspeita de infeção respiratória aguda face aos restantes".

De acordo com Licínio de Carvalho, presidente do Conselho de Administração do CHL, "esta é mais uma medida de prevenção e controlo de infeção, que permite responder ao atual contexto de evolução epidemiológica regional e local, com uma dimensão adequada às necessidades atuais".

É ainda recordado que outra das medidas já implementadas pelo Conselho de Administração foi a constituição da equipa denominada Task Force – DR (Doença Respiratória), "para criação e implementação de procedimentos de segurança atualizados para a correta atuação nos casos suspeitos de quadro respiratório agudo de provável infeção pelo covid-19".

Esta equipa reúne diariamente, monitoriza e avalia as situações, e apoia os profissionais na prevenção e prestação de cuidados específicos em doentes covid-19.

 

Imprimir