Projeto «Hospital amigo do doente celíaco»: CHL lança e-book sobre «snacks saudáveis»

A Comissão de Humanização do Centro Hospitalar de Leiria (CHL) acaba de lançar o e-book "Snacks saudáveis na doença celíaca", com dicas para retirar o glúten da alimentação diária e com diversas receitas ideais para celíacos.

A iniciativa, que antecipa o Dia Mundial da Alimentação, assinalado a 16 de outubro, integra um projeto mais vasto, intitulado “Hospital Amigo do Doente Celíaco”, que assenta numa filosofia de formação contínua a profissionais de saúde e comunidade. O objetivo é claro e ambicioso: "Garantir que em todos os serviços de qualquer das unidades do CHL, o doente celíaco tem à disposição alimentos aptos à sua condição, e que encontra profissionais que entendem a sua patologia."

De acordo com Andreia Correia, presidente da Comissão de Humanização do CHL, este projeto visa "promover a sensibilização para a doença celíaca e o combate ao estigma associado à não ingestão de glúten, muitas vezes relacionado com ´dietas da moda`".



Já Ângela Carvalho, nutricionista do CHL e a autora responsável pela compilação deste e-book, destaca que o novo livro possui "uma vertente muito prática, com conselhos para uma culinária sem glúten, com truques e dicas, e ainda uma série de receitas de snacks já testadas e gentilmente cedidas por utentes". E sublinha: "São receitas para celíacos, mas não só!"."

A nutricionista aproveita para salientar as principais dificuldades das opções alimentares: "Comer alimentos naturalmente isentos de glúten será o mais fácil. Comer alimentos processados isentos de glúten será uma escolha (economicamente mais dispendiosa e não necessariamente saudável). Os principais obstáculos associados à alimentação celíaca são a recriação de receitas que tradicionalmente contêm glúten e a necessidade de prevenir a contaminação cruzada."

Ângela Carvalho recorda que "a doença celíaca é cada vez mais reconhecida pela população", mas salienta a necessidade de se "continuar a sensibilizar e discernir o que é uma doença crónica, cujo único tratamento é a retirada permanente do glúten, do que é uma dieta ´de moda` adotada por muitas pessoas".

Próximo objetivo: ir às escolas e sensibilizar alunos da região

A Comissão de Humanização do CHL lançou o projeto “Hospital Amigo do Doente Celíaco” em 2018, altura em que foi criado um grupo no Facebook, onde são partilhadas dúvidas e dicas pela comunidade celíaca e divulgados artigos científicos sobre o tema, por parte dos profissionais de saúde do CHL.

Ao longo destes dois anos de atividade, foi já realizado um vasto conjunto de atividades, como encontros e workshops sobre a doença, ações de formação para os manipuladores de alimentos sobre os procedimentos a realizar para evitar a contaminação cruzada, e disponibilizar oferta alimentar sem glúten nas máquinas de vending nas unidades do CHL.

"O grande objetivo para o próximo ano passa pela sensibilização nas escolas da região sobre esta temática, sendo o foco prioritário os estabelecimentos onde estejam já matriculadas crianças celíacas", afirma Andreia Correia.

O novo e-book pode ser lido aqui.

Imprimir