Prevenção do suicídio: Iniciativa na Madeira inclui workshop para jornalistas

Sensibilizar os profissionais e público em geral para a problemática do suicídio é o objetivo central das I Jornadas de Prevenção do Suicídio. O evento decorre no próximo mês, organizado pela Unidade de Psicologia do Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira (SESARAM). O programa das Jornadas estará focado em três grandes temas: estratégias gerais de combate ao suicídio, tratamento e reabilitação.

Sublinha a Comissão Organizadora que o suicídio "constitui um grave problema de saúde pública, pelo que torna-se premente a concertação de diferentes perspetivas técnico-científicas para uma intervenção mais eficaz nesta matéria". Assim, é nesse sentido que, ao longo dos dias 15 e 16 de setembro, reúnem-se "vários especialistas com competências nesta área".

O primeiro dia da reunião terá lugar no Auditório do Colegio dos Jesuitas. Com a participação de vários psicólogos, mas também de profissionais de Enfermagem, Assistência Social, Psiquiatria e de outras áreas, serão abordados vários temas. É o caso de "O adolescente e o suicídio: Avaliação do risco e prevenção", "Intervenção clínica junto de crianças e jovens com ideação suicida e comportamentos autolesivos" ou "Prevenção das Recidivas".



O programa do dia seguinte, a decorrer nas instalações do Núcleo de Formação do SESARAM, estará centrado na realização de dois worshops, um deles focado no impacto que o jornalismo tem nesta área. Intitulado "Efeito Papageno: A importância do papel do jornalista na prevenção do suicídio", o workshop será coordenado por José Manuel Borges, psicólogo clínico.

O outro workshop, igualmente a decorrer entre as 09h30 e as 13h00, é dedicado à "Avaliação do risco e intervenção em crise no paciente suicida".

O programa pode ser consultado aqui.



seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir


Médicos de família assinalam Dia Mundial da Asma 2019 na Sertã