Federação das Sociedades Portuguesas de Obstetrícia e Ginecologia tem novo presidente

Diogo Ayres de Campos é o novo presidente da Federação das Sociedades Portuguesas de Obstetrícia e Ginecologia (FSPOG) para o triénio 2021-2023. Além de dar continuidade ao trabalho dos seus antecessores, o responsável tem algumas linhas orientadoras que pretende implementar.

Foi no passado dia 30 de janeiro que Diogo Ayres de Campos foi eleito e tomou posse como novo presidente da FSPOG, numa sessão que decorreu online, por causa dos constrangimentos da pandemia.  

Integrando a Federação desde a sua criação, em 2005, já passou por diversos cargos: Tesoureiro, editor-chefe da Acta Obstétrica e Ginecológica Portuguesa, Secretário-Geral e representante da Federação no European Board and College of Obstetrics and Gynecology e na International Federation of Gynecology and Obstetrics (FIGO).

Tem assim acompanhado desde sempre Daniel Pereira da Silva, a quem sucede, e Carlos Freire de Oliveira, o fundador e primeiro presidente da FSPOG, o que é “uma grande honra e uma enorme responsabilidade”.


Diogo Ayres de Campos

Tendo em vista o seu percurso na Federação, o seu mandato será mais de continuidade, mas também pretende promover uma maior coordenação nas orientações e protocolos nacionais nas diferentes áreas da saúde sexual e reprodutiva da Mulher.

Segundo Diogo Ayres de Campos, “nos últimos 10 anos, as sociedades que integram a FSPOG têm produzido diversas recomendações nesta área, e a Direção-Geral da Saúde também o tem feito. Penso que seria importante para Portugal que existisse uma maior coordenação entre as mesmas.”

Outro desafio será promover as gerações mais novas de obstetras e ginecologistas no panorama científico internacional. “É preciso envolvê-las mais nestes meios fora de Portugal, com tudo o que isso tem de enriquecedor, de desafiante e de motivador para o bem coletivo.”

Uma longa carreira com foco no intraparto

Além do percurso na FSPOG, é o atual diretor do Serviço de Obstetrícia do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte e Professor Associado da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa. Fez quase toda a sua carreira académica na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, onde também fez o Doutoramento e a Agregação.

A nível internacional foi Council Member no European Board and College of Obstetrics and Gynecology – EBCOG, é Presidente-Eleito da European Association of Perinatal Medicine – EAPM, participou nos consensos da OMS na área dos cuidados pré-natais, cuidados intraparto e redução da taxa de cesarianas. Integrou também o comité “Safe Motherhood and Newborn Health” da FIGO.

O intraparto foi sempre a sua área preferencial de investigação, tendo sido coinventor do sistema de análise automatizada do cardiotocograma “OmniView-SisPorto”, do simulador de emergências obstétricas “Lucina”, e do programa de registos clínicos obstétricos “ObsCare2.

Órgãos Diretivos 2021-2023

 

Presidente Diogo Ayres de Campos (Lisboa)

Secretário-Geral
 Teresa Almeida Santos (Coimbra)

Tesoureiro Filomena Nunes (Cascais)

Assembleia Geral

Presidente - Daniel Pereira da Silva (Coimbra)
Secretário - Ana Rosa Costa (Porto)
Secretário - Ana Luísa Areia (Coimbra)

Conselho Fiscal
Presidente - Carla Ramalho (Porto)
Secretário – Ricardo Santos (Guimarães)
Secretário - Luísa Pinto (Lisboa)



seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir