Novo edifício da FMUL: Centro de Simulação «será um dos melhores da Europa»

O Centro de Simulação Avançada Multidisciplinar é um dos principais marcos do Edifício Reynaldo dos Santos, que foi inaugurado, ontem, na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL). Como referiu Fausto Pinto, diretor da FMUL, é “um dos maiores e melhores centros da Europa”.



Ao fim de 19 anos, o tão aguardado Edifício Reynaldo dos Santos abriu portas na FMUL, por detrás do Edifício Egas Moniz, onde também passa a funcionar o Centro Académico Clínico de Lisboa (CAML). “É um dia muito especial, histórico”, disse Fausto Pinto às várias pessoas presentes na inauguração, como o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.



Após o descerramento da placa, na qual participou também Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, e da visita às instalações, o responsável acrescentou ainda que “o novo edifício irá permitir uma expansão e reestruturação de várias áreas estratégicas da Faculdade”.

E elencou as várias áreas que estão integradas, como o Centro de Simulação Avançada Multidisciplinar, onde os alunos podem treinar várias situações clínicas, como um parto.



Outra a destacar é o Laboratório de Nutrição que tem como objetivo treinar equipas multidisciplinares, assim como o Centro de Cirurgia Experimental, o de Reabilitação Cardiovascular ou outras áreas laboratoriais, nomeadamente na Biomedicina, para “projetos de investigação, inovação e empreendorismo”.

Aproveitando a presença do ministro Manuel Heitor, Fausto Pinto realçou “alguns assuntos não resolvidos no âmbito da Medicina académica”. Um deles prende-se com o estatuto de hospital universitário que, segundo disse, está “timidamente plasmada no Decreto-Lei 61/2018 de 3 de agosto, a necessitar de uma regulamentação apropriada”.



Como defendeu: “No ano em que se celebra os 40 anos do Serviço Nacional de Saúde (SNS) é preciso assumir a tão necessária reestruturação dos hospitais universitários, de modo a conferir-lhes maior flexibilidade e capacidade de incorporação de inovação e de desenvolvimento científico na praxis clínica, bem como na introdução de regras diferentes de financiamento e de organização consonantes com a sua tríplice missão de prestação de cuidados, ensino e investigação.”



Para o diretor da FMUL, esta medida é “fundamental para se conseguir acompanhar o desenvolvimento atual da Medicina académica mais moderna”.

Outra questão que também fez questão de chamar a atenção foi a da inexistência do estatuto do estudante de Medicina, o que considerou ser “uma atitude discriminatória”.


Fausto Pinto

Finalizou pedindo “uma maior autonomia para as instituições universitárias médicas na gestão dos recursos humanos, dado terem características específicas em comparação com outras áreas do saber”.

“Um Edifício magnífico que nos deve orgulhar”

O Reitor da Universidade de Lisboa, António Cruz Serra, realçou “o momento importante para a Universidade e para a Faculdade”, que vai contribuir para “melhores condições de trabalho nas vertentes do ensino, investigação e transferência de conhecimento”. Após a visita ao espaço disse mesmo que “é um Edifício magnífico que nos deve orgulhar”.


António Cruz Serra

Os elogios não se ficaram por aqui e o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior salientou, por sua vez, que “as novas instalações são seguramente um passo decisivo” para “o reforço da investigação clínica”.



Presentes na cerimónia estiveram também familiares de Reynaldo dos Santos, que dá o nome ao edifício. Nascido em Vila Franca de Xira, em 1880, licenciou-se na Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa – que antecedeu a FMUL -, tendo-se especializado em Cirurgia Geral e Urologia. Participou ainda na fundação da European Society of Cardiovascular Surgery, que chegou a presidir, e foi o mentor do Centro de Angiografia Reynaldo dos Santos.


Família de Reynaldo dos Santos: Neta, sobrinha e sobrinhos/as netos

O médico, que faleceu em 1970, foi conhecido por ser um vanguardista, tendo dedicado os últimos anos de vida a investigar a arte portuguesa, principalmente no domínio da Tapeçaria, Arqueologia, Pintura e Escultura. Foi também escritor.


seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir