LIDEL lança edição atualizada do «Manual de Urgências e Emergências»

Esta terceira edição do Manual de Urgências e Emergências "vem cobrir uma lacuna da prática em ambiente de Serviço de Urgência, ao congregar de forma virtuosa o conhecimento de todo o espectro da doença aguda", afirma Paulo Freitas, diretor do Serviço de Medicina Intensiva do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca.

O médico considera ainda, no prefácio da obra, que o Manual "certamente irá cumprir com o objetivo de melhorar a assistência aos doentes que procuram os serviços de Urgência, sendo uma referência literária de futuro para quem aí trabalha".

Coordenada por Pedro Ponce e João João Mendes, e em conjunto com outros médicos e enfermeiros, esta nova edição "atualizada e aumentada", editada pela LIDEL, aborda "o que deve ser feito do ponto de vista diagnóstico e terapêutico e com que critérios se decide o internamento ou se referencia ao especialista para continuação de cuidados".

Imprimir