Diabetes: «A estratégia deve passar por mais consultas ao longo do ano»

"Gerir a Consulta de Diabetes em 20 minutos". Este foi um dos temas centrais em debate nas VIII Jornadas de Diabetes Entre Douro e Vouga – Diabetes 360.º, que decorreram no final de outubro, em Espinho.

Em declarações à Just News, Eurico Silva, médico de família na USF João Semana, em Ovar, e membro da comissão organizadora, realça que 20 minutos não tem de ser necessariamente um problema: “É um erro pensar-se que as consultas prolongadas são a melhor opção – excetuando, claro, situações pontuais."

Na sua opinião, "a estratégia deve passar pela realização de mais consultas de diabetes ao longo do ano, o que facilita um seguimento de proximidade e (re) avaliações das intervenções".

Mas não só: “Além disso, deve-se apostar noutras estratégias, como consultas de grupo, que são um contributo importante na educação para a saúde, uma forma de se poupar tempo e de se obter ganhos significativos em saúde.”


Eurico Silva

O especialista de Medicina Geral e Familiar relembra ainda a relevância da boa preparação da consulta e da conjugação das agendas do médico e do utente:

“A principal dificuldade que se enfrenta nesta consulta é o facto de os doentes considerarem que a diabetes não é o problema de saúde que mais o afeta naquele momento. Isto tanto acontece com o médico como com o enfermeiro na consulta de diabetes.”

“Que diabetes é esta?”

Eurico Silva destaca também outro tema que considera de “extrema importância”, referindo-se à primeira intervenção das Jornadas, intitulada “Que diabetes é esta?”.

Segundo o médico, "através de uma análise diagnostica-se a doença, mas o mais difícil é classificá-la, porque não se cinge a tipo 1, tipo 2 e gestacional.” Considera mesmo que “este é um dos desafios atuais dos profissionais de saúde”.


Elementos da Comissão Organizadora

Nas Jornadas abordaram-se ainda variadas outras temáticas, como a nutrição e diabesidade, a diabetes como "porta aberta à infeção", a disautonomia ou o conceito de "choosing wisely".  

Procurando disponibilizar "um programa de 360º sobre a diabetes", e para oferecer esta visão abrangente, a Comissão Organizadora convidou especialistas de várias áreas, destacando-se, contudo, a Endocrinologia, Medicina Geral e Familiar e Medicina Interna.



O evento contou com o apoio do Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga, Ordem dos Enfermeiros, FPAD – Federação Portuguesa das Associações de Pessoas com Diabetes, Câmara Municipal de Santa Maria da Feira e o apoio científico da Ordem dos Nutricionistas e da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna.

seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir