Curso de otologia cirúrgica em Braga «vai do básico ao mais avançado»

Contribuir para “uma formação sólida” na área da cirurgia otológica, “abrangendo diferentes áreas”, é um dos grandes objetivos do curso que se vai realizar em abril, promovido pela Escola de Medicina da Universidade do Minho, instituição a que estão ligados os especialistas do Serviço de Otorrinolaringologia do Hospital de Braga.

O coordenador do I Braga Otology Surgery Course, Miguel Sá Breda, salienta o facto de o programa ser “bastante completo”, com as componentes teórica e prática e um módulo básico, nos dois primeiros dias, e outro mais avançado, nos últimos três dias.



“O módulo básico está mais orientado para os internos dos primeiros anos, para que possam frequentar o curso e se iniciem nesta área. A parte avançada, tendo em conta os convidados que vêm e os temas que serão discutidos, está orientada para qualquer otorrino em geral como para um otorrino mais focado na otologia em particular, seja ele mais ou menos experiente”, refere Miguel Sá Breda, que ainda acrescenta:

“Pretende-se que seja também um fórum de partilha de ideias, de técnicas cirúrgicas, de resultados, no fundo, uma atualização de conhecimentos nesta área.”


Luís Dias e Miguel Sá Breda

Integrando o Serviço de ORL do Hospital de Braga há sete anos, os últimos dois já como especialista, Miguel Sá Breda prepara este curso com a colaboração de quatro colegas seus daquele Serviço, incluindo o próprio diretor, Luís Dias. Em declarações à Just News, admite que a intenção é “dar continuidade a esta ação de formação”.

“Este curso tem um painel de convidados de renome internacional, sendo uma mais-valia para os nossos internos terem a possibilidade de participar numa ação com estas características, sem o custo adicional de uma deslocação ao estrangeiro”, comenta Luís Dias.

Para além de Miguel Aristegui (Madrid) e Daniele Marchioni (Verona), a lista de formadores inclui também Victor Correia da Silva (Porto), Luísa Monteiro (Lisboa), Pedro Escada (Lisboa) e João Elói (Coimbra).

Com a componente prática, que inclui a dissecção do osso temporal, limitada a dez inscrições, e o programa teórico, com acesso apenas a 30 participantes, o I Braga Otology Surgery Course vai decorrer durante cinco dias (20-24 abril), na própria Escola de Medicina da Universidade do Minho (EM-UM).


Daniel Miranda, Daniela Ribeiro e Filipa Carvalho Moreira integram a Comissão Organizadora, coordenada por Miguel Sá Breda, de que faz parte ainda Jorge Correia Pinto (ausente na foto)

Os formandos terão “acesso privilegiado” a um laboratório STORZ, “único na Península Ibérica, com condições excecionais para a prática cirúrgica”, segundo Miguel Sá Breda, que aproveita para salientar a colaboração de Jorge Correia Pinto, coordenador dos cursos cirúrgicos da EM-UM.

A ação de formação tem o patrocínio da Academia Europeia de Otologia e Neurotologia e das sociedades Portuguesa e Espanhola de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço. O programa e outras informações podem ser consultadas aqui.


seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir