«Cuidar + da depressão» nos cuidados de saúde primários

Partilhar experiências e debater práticas inovadoras para "um melhor diagnóstico e tratamento da depressão e do risco de suicídio" é o principal propósito da conferência promovida pelo STOP Depression, projeto coordenado pelo psicólogo João Salgado, do Instituto Universitário da Maia (ISMAI). A iniciativa realiza-se, dentro de dias, na Maia. 

Durante o período da manhã serão apresentados os resultados já obtidos pelo projeto e prestados esclarecimentos sobre o desenvolvimento da campanha pública "Cuidar + da depressão". Estará ainda em discussão o desenvolvimento de soluções informáticas para o tratamento da depressão e Rui Medon, diretor executivo do ACeS Porto Ocidental, irá centrar a sua intervenção na implementação do modelo.

Da parte da tarde, o programa está organizado em duas partes distintas: "Tratamentos de Baixa Intensidade" e "Tratamentos de Alta Intensidade" do STOP Depression.



Na apresentação do projeto, que decorreu em outubro do ano passado, na Faculdade de Medicina de Lisboa, João Salgado explicou que os profissionais do ACES Porto Ocidental, onde o STOP Depression está a ser implementado, "já estão a ter formação na área da depressão, para que, durante 2016, ponham em prática o uso de certos procedimentos e ferramentas, como terapia apoiada por computador, terapia assistida em smartphone, grupos de psicoeducação e meios de autoajuda".

Sublinhava na altura o psicólogo que “a escolha das ferramentas depende sempre de cada doente, o mais importante é diagnosticar as depressões mascaradas, que se agudizam se não existir uma intervenção precoce".



Inscrição:

A inscrição na conferência é gratuita e obrigatória, devendo ser efetuada através do email: cuidarmais@ismai.pt 
O programa pode ser consultado aqui.

Stop Depression foi um dos 9 projetos portugueses de investigação, na área da saúde mental, selecionados para receber financiamento dos EEA (European Economic Area) Grants.

Este programa, que se insere no âmbito do Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu, possibilita que três países não pertencentes à União Europeia (Noruega, Islândia e Liechtenstein) financiem diversas iniciativas e projetos nos países europeus menos desenvolvidos e com maiores disparidades económicas e sociais.

O projeto Stop Depression é promovido pelo ISMAI tendo, como parceiros, a ARS Norte, o ACES Porto Ocidental, o INESC-Porto, a SKA e a empresa norueguesa Arkimedes.




seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir


Médicos de família assinalam Dia Mundial da Asma 2019 na Sertã