Opinião

GEMMeeting, uma experiência de comunicação


Manuel Oliveira

Interno do 4.º Ano do IFE em MGF na DISS. Secretário-geral do GEMMeeting 2016. CO do GEMMeeting 2017. Fundador e presid. da AGE - Associação Médica de Gaia Espinho.


Com a entrada no último trimestre do ano, para muitos dos que irão escolher a especialidade de MGF, crescem as inquietações quanto à escolha do local e orientador de formação. Todos procuram garantir a melhor formação e em breve começarão as visitas às unidades e os pedidos de informação aos internos mais velhos. Esta escolha é um exercício difícil e, encontrando-me agora na reta final do internato, de valor limitado.

O edifício formativo em MGF é erigido com o trabalho de muitos. O Colégio da Especialidade ergue as traves mestras do edifício, definindo os objetivos curriculares. As coordenações das direções de Internato levantam paredes, rasgam janelas, abrem portas. As direções de Internato concretizam o plano formativo e, deste modo, são responsáveis pela funcionalidade do edifício. Todas juntas tornam o edifício da formação habitável.

Mas será isso suficiente para ser “a nossa casa”?

Na reunião de julho, os internos da Direção de Internato Santos Silva (DISS) foram surpreendidos pela notícia de que o Dr. Pedro Moura Relvas deixaria de ser o nosso diretor de Internato. Recordo que “trabalhava para que os internos da DISS sentissem que tinham as mesmas oportunidades e qualidade formativa”.

Teria a consciência, aquela que vem com “muitos anos disto”, que sempre que comunicamos, aproximamo-nos e diluímos desigualdades. Na DISS, os internos têm enchido as paredes com memórias. A DISS é a nossa casa!


GEMMeeting 2016 

O GEMMeeting – Gaia/Espinho Medical Meeting teve a sua primeira edição em 2016, mas começou a ser pensado em 2014. Poucas coisas nos podem unir mais do que o trabalho em equipa. Inicialmente de forma tímida, o projeto foi ganhando força à medida que ganhava forma.

A edição de 2016 foi um sucesso! Não pelos quase duzentos congressistas, mas porque uniu os internos e orientadores de formação (OF) da DISS num projeto comum.

A experiência de comunicar com outros internos e OF permitiu-nos conhecer realidades diferentes. Tão certo como dizer que se ao comunicar partilharmos diferenças, diluímos desigualdades.

Este é um trabalho que se renova. Em 2017, tivemos uma nova Comissão Organizadora e o GEMMeeting cresceu. Mas esse não foi o único projeto. A 23 de junho de 2017 nasceu a AGE - Associação Médica de Gaia e Espinho.


GEMMeeting 2017

Mais do que a associação promotora do GEMMeeting, a AGE é um projeto que envolve todos os internos e os OF. Não tenho dúvidas de que este é o maior e mais difícil projeto. Não se trata apenas de gerir a realização de um evento, mas da aprendizagem de cooperar numa organização.

Para os que se inquietam com a escolha do local e orientador de formação, é um lugar-comum dizer que o Internato é o que fazemos dele. Também a “nossa casa” será o que fizermos do nosso edifício formativo!

Para os que se preparam para embarcar nesta difícil viagem da AGE, quero recordar o Dr. Pedro Moura Relvas. Comunicando e partilhando diferenças diluímos desigualdades. Esse será o nosso melhor agradecimento. O nosso obrigado.




Artigo publicado no Jornal Médico de dezembro.

seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir