Suicídio e comportamentos autolesivos: SPS apresenta «a investigação científica mais recente na área»

A Sociedade Portuguesa de Suicidologia (SPS), presidida por Fausto Amaro, vai organizar, ao longo dos dias 31 de março e 1 de abril de 2017, o seu próximo Simpósio, que decorrerá no Auditório da Universidade de Aveiro, sob o lema "Da Comunidade ao Cuidar".

A realidade e aspetos a melhorar no âmbito dos cuidados de saúde primários (CSP) e dos serviços hospitalares são alguns dos temas que estarão em debate. Em declarações à Just News, Fausto Amaro, professor catedrático da Universidade Atlântica, afirma que "os CSP são essenciais na prevenção do suicídio, mas é preciso que estes estejam interligados com os serviços de Psiquiatria e Saúde Mental".

Na sua opinião, "é essencial apostar na formação contínua e na supervisão do trabalho desenvolvido nesta área, para que se possa agir e prevenir este flagelo".



O estigma "é mais prejudicial" do que a doença mental

O papel da comunicação social é outro dos temas que será desenvolvido no Simpósio. A este propósito, o presidente da SPS, adverte que "é importante saber-se dar a notícia de um suicídio, para que se evite mais casos por imitação". Neste sentido, não tem dúvidas de que é importante dar formação aos jornalistas, “para que a notícia seja dada de modo que passe a mensagem que há alternativa a essa decisão”.

Fausto Amaro, que integrou a comissão que preparou o Plano Nacional de Prevenção do Suicídio, chama ainda a atenção para o estigma, "que é mais prejudicial do que a própria doença mental, é sobretudo do foro sociológico". E acrescenta: "Com um melhor entendimento do mesmo, mais facilmente se podem encontrar soluções que evitem a estigmatização do doente mental".



"Dar a conhecer a investigação científica"

À semelhança do que acontece todos os anos, o Simpósio conta com a colaboração do Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental da unidade hospitalar local. Assim, a reunião do próximo ano é realizada em parceria com o Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do Centro Hospitalar do Baixo Vouga, bem como com a Universidade de Aveiro.

A Comissão Organizadora do evento adianta que pretende "reunir profissionais de várias áreas mas com um propósito comum: dar a conhecer a investigação científica mais recente na área do suicídio e dos comportamentos autolesivos".

Para tal, os participantes irão 
partilhar "saberes e experiências sobre a intervenção terapêutica nos quadros clínicos mais frequentemente associados a este fenómeno". O objetivo geral é "contribuir para a prevenção do suicídio". É ainda recordado o facto do suicídio e outros comportamentos autolesivos representarem "um problema social e de saúde pública, com elevados custos humanos, sociais e económicos".

Inscrição:
Sócios da SPS com quotas em dia - inscrição gratuita
Não sócios - 45 €
Estudantes de licenciatura - 25 €
Estudantes da Universidade de Aveiro - 15 €
Para mais informações e efetuar a inscrição: ljdsecretariado@gmail.com  




seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir