Jornal Médico lança Especial Demências

A mais recente edição do Jornal Médico traz um Especial Demências, dedicando várias páginas a este tema. Vítor Oliveira, presidente da Sociedade Portuguesa de Neurologia (SPN), num artigo intitulado "O papel da Clínica Geral", refere que "a abordagem de certas situações implica não só a avaliação clínica global como também da estrutura social em que o doente se insere, sem descurar a estrutura psíquica."

O presidente da SPN refere que "existe muitas vezes uma continuidade entre o declínio cognitivo considerado ´normal` para a idade e o início de um processo demencial", acrescentando que "a fronteira é imprecisa, pois, um processo de envelhecimento dito ´normal` para um indivíduo pode ser bastante diferente de outro".

De acordo com Vítor Oliveira, torna-se difícil para o médico de família lidar com determinadas situações (que refere no seu artigo), "separando as que são próprias de um envelhecimento normal das de um processo de demência em início".

Este Especial Demências conta ainda com a colaboração de outros reputados especialistas. São abordados temas como os avanços recentes na doença de Alzheimer, o papel da Alzheimer Portugal, as contribuições de Freud para a Neurologia e a Psiquiatria, defeito cognitivo vascular, demências e doença de Alzheimer, degenerescência frontotemporal e demência com corpos de Lewy.

Merece também destaque a segunda edição das candidaturas aos Prémios Santa Casa Neurociências, em que são atribuídos 400 mil euros para investigação em Neurociências.

Imprimir