My Servier

«Hospital da Luz novamente ao Encontro dos Cuidados de Saúde Primários»


João Sequeira Carlos

Médico de família. Diretor do Serviço de MGF do Hospital da Luz Lisboa



No próximo mês de novembro, o Hospital da Luz acolhe uma nova edição do Encontro na Luz – Cuidados de Saúde Primários. O evento pretende juntar colegas de diversas especialidades para debater aspetos práticos e inovadores de temas que partilham diariamente com a Medicina Geral e Familiar na prestação de cuidados em equipa.

Nesta reunião multidisciplinar pretende-se aproximar os Cuidados de Saúde Primários dos Cuidados Hospitalares, num paralelismo com o modelo inovador do Hospital da Luz, que inclui no seu ecossistema um Serviço de Medicina Geral e Familiar.

E esta aproximação deve ocorrer em três dimensões que nos completam como médicos – atividade clínica assistencial, ensino/formação e investigação. O somatório destas parcelas resulta em ganhos de saúde para a população e em inovação e qualidade dos cuidados prestados.

O programa foi preparado tendo por base estas três dimensões, intersetando temas clínicos e áreas assistenciais que representam os problemas de saúde mais frequentes nos CSP. Vamos abordar a Saúde da Mulher, com foco especial na gravidez, para revisitar a utilização de medicamentos
à luz da mais recente evidência científica.


João Sequeira Carlos

Ainda em sessão plenária, teremos uma ocasião privilegiada para conhecer os aspetos mais pertinentes da coordenação de cuidados nos doentes com asma e doença pulmonar obstrutiva crónica. A abordagem da Dor Neuropática nas suas diferentes vertentes, desde o diagnóstico ao tratamento, terá lugar de destaque porquanto é um dos maiores desafios nas consultas de MGF.

Numa altura em que a Promoção da Saúde e a Medicina Preventiva são assumidas como prioridade na governação do setor, é incontornável um debate sobre a matéria, partilhando com os colegas os programas projetados no Hospital da Luz.

Neste âmbito, é necessária evidência mais robusta para fundamentar práticas e procedimentos. Tal só é possível incrementando a investigação nos CSP, com estudos e projetos que explorem todos os aspetos envolvidos.

Para tornar o evento mais dinâmico, este ano, a formação prática irá decorrer ao longo do dia, intercalada com as sessões plenárias em auditório. Será uma oportunidade ímpar para conhecer o Centro de Simulação do Hospital da Luz, descrito como um dos maiores e mais avançados da Europa.

Neste contexto formativo, foram organizados quatro cursos para possibilitar a atualização de conhecimentos, a aquisição de aptidões e o treino de gestos técnicos. 

O curso de Ecografia POCUS – point of care ultrasonography – vai permitir o contacto dos colegas com uma técnica de avaliação imagiológica em grande expansão e com grande potencial nos CSP.

Pela maior acessibilidade e facilidade de utilização neste contexto, a ecografia é hoje encarada como o “novo estetoscópio” e tende a generalizar-se fora dos hospitais e das clínicas de imagiologia. Acreditamos que será um fator essencial à capacidade resolutiva da MGF.

A área da Saúde da Mulher será também abordada em contexto de simulação no curso de treino de gestos técnicos para inserção e remoção de dispositivos contracetivos.

No Curso de Insuficiência Cardíaca serão resolvidos casos clínicos em equipa, com apoio de uma plataforma de simulação avançada. Em complemento à Sessão Plenária de Asma e Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica, haverá um curso de simulação com discussão de casos clínicos para treino na resolução prática de problemas apresentados por doentes em diversas tipologias.

Vai valer a pena.

Em nome da Comissão Organizadora, convido todos os colegas a estarem connosco no dia 11 de novembro.


À semelhança do que aconteceu na edição anterior, gostaríamos de juntar no Encontro na Luz internos de MGF e médicos de família de todas as unidades de CSP. Estamos convictos de que é uma oportunidade para demonstrar a importância do trabalho colaborativo entre diferentes grupos do setor privado e as unidades funcionais do setor público e social.

Juntos somos mais fortes e garantimos de forma positiva a existência de um verdadeiro Sistema Nacional de Saúde.

Abracemos este objetivo!


Mais informações aqui.




O artigo pode ser lido na edição de outubro do Jornal Médico dos Cuidados de Saúde Primários.

 

Imprimir


Próximos eventos

Ver Agenda