Laboratório de Neurossonologia do CHUC reconhecido como Centro Europeu de Referência

O Laboratório de Neurossonologia do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) foi reconhecido, no final de maio, como Centro de Referência Europeu pela EAN - European Academy of Neurology e pela ESNCH - European Society of Neurosonology and Cerebral Hemodynamics.

Para a directora do Serviço de Neurologia do CHUC, Isabel Santana, do qual este Laboratório faz parte integrante, não há qualquer dúvida quanto à relevância deste reconhecimento:

“Trata-se de uma importante distinção que muito nos honra, nos responsabiliza para mantermos o elevado nível na prestação de cuidados clínicos, que são a principal vocação do laboratório, mas também o espírito formativo e científico inerente à nossa vocação como hospital universitário”.

O Laboratório de Neurossonologia passa, assim, a estar incluído no grupo dos primeiros 20 Centros de Referência Europeus, nesta área. 

Esta valência funciona em estreita ligação com a Unidade de AVC do CHUC e é constituído, atualmente, pelos neurologistas João Sargento Freitas e Fernando Silva, contando ainda na equipa com o médico interno de neurologia, João André Sousa.

De acordo com o presidente do Conselho de Administração do CHUC, Fernando Regateiro, “este reconhecimento assinala, a nível internacional, a excelência do trabalho que é feito na área da neurossonologia do CHUC".


Fernando Regateiro

Relativamente aos profissionais que conduziram a este resultado, o responsável salienta o "trabalho continuado, sério e de elevada qualidade e atualidade", manifestando "o sentido reconhecimento e gratidão".

E acrescenta: "Para os doentes que em nós confiam, é mais um relevante sinal de que confiam num Hospital e em profissionais de saúde que trabalham ao mais alto nível mundial. Este reconhecimento está em linha com outros, de que destaco o facto de o CHUC, sendo o maior centro hospitalar português, ser também o que tem o maior número de Centros de Referência Nacional (18) e de Centros integrados em Redes Europeias de Referenciação (10)."

Imprimir