Cancro pediátrico: Portugal vai participar em «grupo cooperativo de tratamento da leucemia aguda»

Portugal vai integrar o International BFM Study Group (I-BFM-SG), "um grupo cooperativo de tratamento da leucemia aguda", e participar nos estudos internacionais multicêntricos.

“Como se trata de uma patologia muito rara, o ‘state of the art’ do tratamento em Oncologia Pediátrica é a participação nestes estudos que associam clínica à investigação e que melhoram o prognóstico das crianças com cancro”, disse Nuno Reis Farinha, presidente da Sociedade de Hematologia e Oncologia Pediátrica (SHOP) à margem da Reunião Anual SHOP 2018, que decorreu em Lisboa.



A reunião contou com o Prof. Andrea Biondi que é presidente do I-BFM-SG e diretor do departamento de Oncologia Pediátrica do Hospital de Monza, em Itália, um centro de referência nesta área e presidente cessante da Sociedade Europeia de Oncologia Pediátrica.

Em declarações à Just News, Nuno Reis Farinha explica que este especialista “veio partilhar a sua experiência e permitir que a SHOP integre a I-BFM-SG, através dos três centros que tratam leucemias em Portugal, que são o IPO do Porto, o Hospital Pediátrico de Coimbra e o IPO de Lisboa”.



O presidente do SHOP refere ainda a importância desta medida: “Existem aproximadamente 400 novos casos de cancro pediátrico, logo estamos perante uma patologia muito rara, para a qual é fundamental congregar esforços internacionais para que possamos ter melhores conhecimentos que vão otimizar o prognóstico.”

E acrescenta: “A forma mais correta de tratar estas crianças e jovens é com base em protocolos de grupos cooperativos internacionais, porque um especialista em Oncologia Pediátrica lida com casos raros, que não permitem adquirir experiência isoladamente como os colegas que tratam cancro no adulto.”

Desta forma, o médico afirma que os oncologistas pediátricos "podem contar também com a experiência de outros profissionais desta área, assim como de outras especialidades consideradas fundamentais para o tratamento destas crianças".


Comissão Organizadora da reunião: Nicole Vales, Gabriela Caldas, Paula Kjollerstrom, Nuno Reis Farinha, Maria Barreiros Cardoso e Susana Figueiras (ausentes na foto: Manuel Brito e João Luís Castro)

SHOP 2018: Médicos e enfermeiros juntos na prática clínica e científica

Relativamente à Reunião Anual SHOP 2018, Nuno Reis Farinha fez um balanço positivo. “Quer no programa médico como no de enfermagem tivemos um bom feedback”, afirmou. De relembrar que este evento conta, há uns anos, com a participação conjunta de médicos e enfermeiros.

“Trabalhamos juntos na prática clínica do dia-a-dia e devemos também fazê-lo na área científica”, defendeu o responsável. Apesar de programas paralelos, médicos e enfermeiros reúnem-se sempre numa sessão plenária, que este ano teve como temática “Padrões atuais da infeção hospitalar”.



No primeiro dia da reunião realizou-se ainda o curso “Noções Básicas de Oncologia Pediátrica” e vários workshops para médicos, enfermeiros, psicólogos e outros profissionais.

De destacar igualmente uma reunião de protocolos em que médicos de vários centros e de diversas especialidades discutiram o estado da participação nos grupos cooperativos nas diversas áreas e como se pode melhorar esta interação. “O objetivo foi partilhar o conhecimento de um ponto de vista multidisciplinar para melhorar a prática clínica”, apontou Nuno Reis Farinha.



seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir