Prémio Nacional de Gastrenterologia entregue a Diogo Libânio, do IPO Porto

Diogo Libânio, do Serviço de Gastrenterologia do Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto, recebeu, durante a Semana Digestiva 2016, o Prémio Nacional de Gastrenterologia. A distinção foi entregue por José Cotter, diretor do Serviço de Gastrenterologia do Hospital da Senhora da Oliveira - Guimarães e presidente da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG).


José Cotter e Diogo Libânio.

O estudo premiado pela SPG avaliou os resultados de longo prazo da disseção endoscópica da submucosa gástrica, com o foco nas estratégias de abordagem após resseção não curativa.

Assim, além de acompanhar cerca de 200 doentes que se submeteram a esta intervenção, o estudo focou-se ainda no acompanhamento dos doentes que, mais tarde, necessitaram de cirurgia (entre 15 a 20%). 

O trabalho conta também com a participação de outros autores: Pedro Pimentel Nunes, Luís Afonso, Rui Henrique e Mário Dinis Ribeiro, diretor do Serviço de Gastrenterologia do IPO Porto. 



O Prémio Nacional de Gastrenterologia, no valor de 25 mil euros, foi entregue pela primeira vez pela SPG. A cerimónia decorreu durante a sessão de abertura da Semana Digestiva, onde José Cotter não quis "deixar escapar a oportunidade" de transmitir ao secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, "a postura e a vontade que a SPG tem tido de se constituir como parceiro do poder político, da tutela, para ajudar na resolução dos vários problemas que existem".



Além de José Cotter, na sessão de abertura da Semana Digestiva estiveram presentes António Pereira Dias, presidente da Sociedade Portuguesa de Endoscopia Digestiva (SPED), Luís Tomé,  presidente da Comissão Organizadora da Semana Digestiva 2016, Manuel Delgado, secretário de Estado da Saúde, Isabel Pedroto, presidente da Associação Portuguesa para o Estudo do Fígado (APEF).



Podem ser consultadas mais fotos na Galeria de imagens da Just News.

Imprimir