My Servier

Mónica Reis é a nova coordenadora do Núcleo de Estudos da Diabetes Mellitus da SPMI

A nova coordenadora do Núcleo de Estudos da Diabetes Mellitus da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) diz ser necessário criar “pontes de aproximação” entre os grupos que nos hospitais se dedicam à área da diabetes. Mónica Reis faz questão de destacar o “trabalho fantástico” de algumas equipas de instituições hospitalares mais afastadas dos grandes centros.

Mónica Reis, que dirige a Unidade Integrada de Diabetes do Hospital de Vila Franca de Xira, assumiu o cargo de coordenadora do NEDM no final de outubro, por ocasião da 17.ª Reunião Anual deste que é um dos núcleos mais antigos da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, atualmente presidida por Lèlita Santos.


Mónica Reis

A sua lista havia sido sufragada em ato eleitoral realizado dias antes, para cumprir um mandato de 2 anos, sucedendo assim a Estevão Pape, do Hospital Garcia de Orta, que coordenava o NEDM desde 2017, tendo atingido o limite máximo possível de três mandatos sucessivos.

De referir que, para além da própria Mónica Reis, uma parte significativa dos elementos que a acompanham já integravam a anterior equipa do NEDM, facto demonstrativo da “vontade de se querer continuar o trabalho que vinha sendo feito”. Depois, “decidimos convidar para integrar o projeto colegas que eram da nossa confiança, uns mais jovens, outros menos, mas com uma larga experiência na diabetes e com áreas de interesse diferenciadoras”.

Voltar a implementar a figura do dinamizador em cada um dos hospitais, uma ideia que já terá sido posta em prática no passado, é algo em que a nova coordenadora quer apostar, “assumindo esse colega o papel de elo de ligação com o Núcleo”. No seu entender, esta necessidade acaba por ser mais premente nas unidades hospitalares “de menor dimensão, mais distantes dos grandes centros e, portanto, com menos visibilidade”.

“Os hospitais mais pequenos têm muitas vezes grupos de trabalho robustos na área da diabetes, mas pouco conhecidos e valorizados, embora desenvolvam frequentemente uma atividade fantástica e de grande valor para a comunidade médica e particularmente para os doentes”, sublinha Mónica Reis.

Criar, dentro do Núcleo, um grupo de internos de formação específica com interesse na diabetes, “promovendo, assim, o debate, a criatividade e o crescimento profissional”, é um dos pontos do Plano de Ação desenhado pela nova coordenação do NEDM.

Incentivar a investigação científica e o desenvolvimento de estudos multicêntricos nesta área e manter a certificação em Diabetes Mellitus para internistas atribuída pela SPMI são outros dois aspetos que merecem destaque por parte de Mónica Reis.


A presidente da SPMI, Lèlita Santos, com a nova coordenadora do NEDM

Interesse pela diabetes surgiu durante o curso de Medicina

Integrando o Serviço de Medicina Interna do Hospital de Vila Franca de Xira, Mónica Reis, que nasceu em Portimão há 49 anos, coordena a Unidade Integrada de Diabetes, que agrega à própria Consulta de Diabetes o apoio de outras especialidades, de que é exemplo a Oftalmologia, para além do tratamento do pé diabético.

O seu interesse pela diabetes já vem de longe, tendo surgido logo durante o curso de Medicina (1994-2000), feito na Faculdade de Ciências Médicas, em Lisboa. O internato geral, de 2 anos, foi cumprido em Santa Maria, mas escolheu o Hospital de Vila Franca de Xira para fazer o internato da especialidade de Medicina Interna, que terminou em 2008.

Dois anos passados já coordenava a Consulta de Diabetes, criada uma década e meia antes e funcionando de forma autónoma. “Somos hoje uma equipa de 6 assistentes hospitalares a assegurar essa consulta e um conjunto de internos com interesse na área, para além de uma equipa de enfermagem dedicada à diabetes”, refere Mónica Reis.


Elementos do NEDM: Isabel Lavadinho, José Guia, Edite Nascimento, Conceição Escarigo, Mónica Reis, Mário Esteves, Rita Paulos, Ruben Reis, Rita Nortadas e (ausente na foto) Fátima Pinto


NEDM – Mandato 2023-2025:

Coordenadora Mónica Reis (Hospital de VFX)


Coord. adjunta 
Fátima Pinto (Hospital da Horta)

Secretariado

Edite Nascimento (CH Tondela-Viseu)

Rita Nortadas (APDP)

Mário Esteves (CH do Médio Ave)

Rúben Reis (CH Barreiro Montijo)

Conceição Escarigo (HGO)

Rita Paulos (H. Distrital de Santarém)

Isabel Lavadinho (ULS do Norte Alentejano)

José Guia (CH de Lisboa Ocidental)



Imprimir


Próximos eventos

Ver Agenda