MGF no Condomínio vai abrir portas à Pneumologia e à Imunoalergologia

É já dentro de dias que tem início a 1.ª edição de MGF no Condomínio. "Somos uma equipa de 19 internos pertencentes a três Unidades de Saúde Familiar do condomínio de São Cosme, em Gondomar: USF Monte Crasto, USF Renascer e USF Sete Caminhos", explica Sílvia Almeida, presidente do evento.

Em declarações à Just News, a médica interna de 4° ano da USF Monte Crasto, lembra que "a Medicina Geral e Familiar é uma especialidade que requer uma formação abrangente, incluindo conhecimentos de diversas áreas médicas e cirúrgicas".

Assim, a ideia de realizar o MGF no Condomínio surgiu da "crescente necessidade de nos atualizarmos em temas essenciais à nossa prática clínica". E, para concretizar esse ideia, "juntámos os esforços de vários internos motivados a abraçar esta iniciativa", refere Sílvia Almeida.
 


A escolha por "área desafiantes"

E em que consiste o projeto de MGF no Condomínio? Ao longo do dia 7 de junho, e em formato exclusivamente online, serão abordados temas como os rastreios em Pneumologia nos cuidados de saúde Primários, o sono em idade pediátrica ou a abordagem da urticária e anafilaxia nos cuidados de saúde primários. De inscrição gratuita, a iniciativa é dirigida especialmente a médicos internos de MGF.

Nesta primeira edição, a Comissão Organizadora decidiu estruturar o programa ao redor das especialidades de Pneumologia e Imunoalergologia. E porquê? "Tratam-se de áreas desafiantes e que envolvem a interpretação de meios complementares de diagnóstico e terapêutica (MCDT) mais específicos, fundamentais para a nossa prática clínica." Os MCDT serão 
precisamente abordados na perspetiva de "como pedir e como valorizar".


Sílvia Almeida

Evento online, com "excelente adesão"

De acordo com Sílvia Almeida, apesar de se tratar do primeiro evento, o interesse na participação foi muito elevado: "As inscrições fecharam no dia 31 de maio e tivemos uma excelente adesão com 220 inscritos."

Quanto ao facto do evento se realizar em formato online, permite que seja "acessível a todos os colegas que tenham interesse, independentemente da distância do seu local de residência ou de trabalho". 


Elementos da Comissão Organizadora

Diferentes unidades, o mesmo condomínio

O MGF no Condomínio tem a particularidade de ser organizado por profissionais de saúde que se encontram em três unidades, mas que se encontram no mesmo edifício.

Segundo Sílvia Almeida, a dinâmica ao redor do projeto trouxe "a vantagem dos internos das diferentes unidades se conhecerem melhor, partilhando experiências e dificuldades, e ajudando-nos mutuamente em termos profissionais, curriculares e até pessoais". 
 
Considerando que existem, pelo país, várias unidades de cuidados primários que também estão nas mesmas instalações, a presidente das jornadas aproveita para deixar a sugestão: "Encorajamos colegas de outras unidades a abraçar projetos semelhantes, que certamente terão uma adesão positiva."

E acrescenta: "Podemos afirmar que esta primeira edição está a correr muito bem, graças ao esforço de todos os internos envolvidos, e acreditamos que seria interessante perpetuar este projeto. 




O programa pode ser consultado aqui.

Imprimir


Próximos eventos

Ver Agenda