Manual sobre Enfermagem de Reabilitação «com potencial para ser uma referência nos países de língua portuguesa»

“Cuidados de Enfermagem de Reabilitação à Pessoa ao Longo da Vida” é o título do livro que foi apresentado na última quinta-feira, numa cerimónia que decorreu no Hospital de Santa Maria/Centro Hospitalar Lisboa Norte (CHLN).

Segundo Cristina Marques-Vieira, uma das autoras, o objetivo foi “organizar um manual que suportasse cientificamente as competências comuns e específicas do enfermeiro especialista em enfermagem de reabilitação, envolvendo autores académicos e da prática clínica do contexto nacional português”.



O livro, da editora Lusodidacta, é uma compilação de textos sobre a prática de Enfermagem de Reabilitação. Além de Cristina Marques-Vieira, especialista em Enfermagem de Reabilitação e professora da Universidade Católica Portuguesa, a obra é também da autoria de Luís Sousa, enfermeiro especialista em Enfermagem de Reabilitação do Centro Hospitalar Lisboa Central e professor adjunto da Universidade Atlântica.



Na sua intervenção, Cristina Marques-Vieira destacou que “o enfermeiro especialista em enfermagem de reabilitação cuida de pessoas com necessidades especiais ao longo do ciclo de vida, em todos os contextos da prática de cuidados. Capacita a pessoa com deficiência, limitação da atividade ou restrição da participação para a reinserção e exercício da cidadania e maximiza a funcionalidade, desenvolvendo as capacidades da pessoa”.

Por seu lado, Luís Sousa afirmou: “O livro será rapidamente uma referência nesta área do conhecimento em Portugal e, por que não assumi-lo, com enorme potencial de o poder vir a ser em todos os países de língua portuguesa.”

 

"Um manual orientador de todas as equipas"

 


O presidente do Conselho de Administração do CHLN, Carlos Martins, também esteve presente na cerimónia, tendo salientado ser um orgulho para a instituição que representa estar associada, “pelo menos neste momento de apresentação do livro, e através dos seus profissionais, a este manual”.

“O livro é um manual para servir os nossos profissionais que o entendam adquirir”, mencionou aquele responsável, realçando que o CHLN vai adquirir um conjunto de exemplares para oferecer aos hospitais que estão filiados à instituição, designadamente, na pessoa das suas direções de enfermagem, sobretudo aos dos países de língua oficial portuguesa.

E acrescentou: “Temos uma grande obrigação em termos da formação contínua e estamos a assumi-la, na nossa política de internacionalização e cooperação, podendo o acesso a este manual servir como um dos nossos contributos.”



Por seu lado, Catarina Batuca, enfermeira diretora do CHLN, apelou a todos os enfermeiros de reabilitação da instituição e não só para que, “para além da sua prática diária, sejam também eles transmissores dos conhecimentos que detêm da reabilitação, próprios desta especialidade”. E frisou: “Tenho a certeza de que este livro vai ser um manual orientador de todas as equipas, não só dos enfermeiros de reabilitação, mas de todos os enfermeiros.”

Na cerimónia intervieram também Luís Dias, revisor do livro, em representação dos enfermeiros especialistas que participaram no manual, e José Frade, da Lusodidacta, referindo que a editora completa em março 41 anos de existência, tendo começado a trabalhar em enfermagem há 30 anos. 






Luís Sousa e Cristina Marques-Vieira.




seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir


Médicos de família assinalam Dia Mundial da Asma 2019 na Sertã