Guia do Internista na Consulta Externa: internos lançam «ferramenta de trabalho para a prática diária»

“Guia do Internista na Consulta Externa” é o mais recente projeto do Núcleo de Internos de Medicina Interna (NIMI) da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI). “Queríamos que este manual fosse tão útil como o seu irmão mais velho, o famoso Guia do Jovem Internista, permitindo um fácil acesso aos principais temas que pudessem ser alvo de dúvida”, afirma Ricardo Fernandes, coordenador geral do livro e ex-coordenador do NIMI.

O guia conta com 115 capítulos redigidos por autores de todo o país, com conteúdos de Neurologia, Cardiologia, Pneumologia, Gastrenterologia, Nefrologia/Urologia, Endocrinologia, Doenças Autoimunes/Reumatologia, Infeciologia, Hematologia, Oncologia, Geriatria e Nutrição.

"Será usado pelos internistas de todas as idades"

A edição ficou a cargo de António Martins Baptista, internista e editor dos Guias do Internista, que, no prefácio da obra, destaca a sua relevância e abrangência, já que "será usado pelos internistas de todas as idades". 

E sublinha: "Ao NIMI e ao principal obreiro deste livro, Dr. Ricardo Fernandes, o meu obrigado, em nome de todos os internistas lusófonos, que dele seguramente tirarão o maior proveito."


António Martins Baptista

O médico e coordenador de Medicina Interna do Hospital Beatriz Ângelo recorda que as três edições do Guia do Jovem Internista, "escritas integralmente por internos de Medicina Interna, embora supervisionadas por seniores, têm agora neste Guia do Internista na Consulta Externa o seu primeiro sucedâneo".

Assim, e "pela primeira vez, a iniciativa partiu diretamente do Núcleo de Internos de Medicina Interna (NIMI), bem como todo o trabalho organizativo e de escrita, entrando os seniores apenas na fase de revisão e edição".


Ricardo Fernandes

Auxiliar na preparação da consulta

Ricardo Fernandes explica à Just News que a ideia tem vindo a ser pensada e desenvolvida há algum tempo: “Na sua essência, envolveu várias coordenações do NIMI. Queremos que este Guia seja uma ferramenta de trabalho para a prática diária, de fácil acesso, que acompanhe os internistas numa das suas atividades mais nobres: a Consulta Externa."

A escolha da Consulta Externa deveu-se assim ao "crescimento da atividade de ambulatório no que diz respeito à Medicina Interna, quer em termos quantitativos como qualitativos".

E desenvolve a ideia: “Quando somos desafiados com a anamnese convém que haja uma preparação prévia para orientar a colheita da história clínica, bem como uma consolidação de conhecimentos para preparar a consulta, esclarecendo inclusive eventuais dúvidas.”

Para Ricardo Fernandes, que já é especialista, esta iniciativa é mais uma prova da dedicação de quem está em formação, não hesitando em afirmar que “os internos foram, são e serão sempre as principais forças motrizes dos serviços".

E acrescenta: "Espero que este espírito nunca se perca e que consigam ser bem orientados para serem, mais do que excelentes clínicos (perspicazes, sapientes, multissistémicos e multidimensionais), excelentes seres humanos. O saber está nos livros, mas o resto é-lhes intrínseco.”

Faz ainda questão de salientar que “o NIMI esteve, está e estará sempre pronto a honrar a sua filiação à mais nobre e materna especialidade, a Medicina Interna”.

O Guia pode ser consultado aqui e conta com o apoio da Bayer.



LIVE Medicina Interna - Projeto desenvolvido em conjunto com a Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, dirigido e acessível a todos os médicos internos e especialistas de Medicina Interna.

seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir