My Servier

Dor neuropática: «Como é que nós, médicos de família, devemos abordar esta patologia?»

"A Dor Neuropática apresenta-se como um desafio constante e permanente nas consultas de Medicina Geral e Familiar", afirma o médico de família António Mesquita. E é por isso, adianta, que será um dos temas centrais do II Encontro na Luz dedicado aos Cuidados de Saúde Primários, que se realiza dia 11 de novembro.

Em declarações à Just News, o especialista, que integra a Comissão Organizadora do evento, sublinha o sofrimento que a dor neuropática causa no doente, "com impacto directo e muito relevante na sua qualidade de vida". Por outro lado, destaca o "desafio que representa para o clínico o seu diagnóstico e, sobretudo, o tratamento".


António Mesquita

Nesse sentido, acrescenta que foram convidados para o debate "dois profissionais com larga experiência na área". Rute Jácome, anestesista e responsável pela Consulta de Dor no Hospital da Luz Lisboa, vai abordar este tema "nas suas diferentes dimensões clínicas: do diagnóstico ao acompanhamento no tempo destes doentes."

A sessão conta ainda com a intervenção de Ludmila Martins, médica de família no ACES Amadora, que integra também a Unidade de Dor do Hospital Fernando da Fonseca. "Vai dar uma perspetiva prática de como nós, médicos de família, devemos abordar esta patologia na nossa consulta", diz António Mesquita, acrescentando:

"A presença de duas colegas tão diferenciadas nesta área, assim como a complementaridade de visões em diferentes especialidades- Anestesia e Medicina Geral e Familiar- serão uma grande mais-valia para a discussão deste tópico muito desafiante e atual."

Um projeto onde se utiliza "um dos centros de simulação mais avançados a nível europeu"

Apesar de estar ainda na sua IIª edição, o Encontro na Luz dedicado aos CSP assume-se já como bastante relevante na área, considera António Mesquita, uma vez que se diferencia "por aliar sessões plenárias interativas a sessões práticas, que se realizam no Centro de Simulação do Hospital da Luz Lisboa, um dos mais avançados a nível europeu".

Na sua opinião, "os temas abrangidos são diversos e extremamente ricos do ponto de vista técnico-científico: ‘Clinical Escape Game de insuficiência cardíaca’, onde, em equipa, serão resolvidos casos clínicos em ambiente de simulação avançada; um ‘Curso de Ecografia POCUS’ (point-of-care ultrasonography), uma ferramenta diagnóstica em franca expansão em cuidados de saúde primários; um curso prático de inserção e remoção de dispositivos contracetivos, no âmbito da Saúde da Mulher; e cursos de casos clínicos interativos em asma e DPOC."

Quanto às sessões plenárias, "serão abordados temas com relevância e pertinência clínica em domínios que, recorrentemente, surgem como desafios na consulta de MGF: Saúde da Mulher, em especial a farmacologia na grávida; Asma e Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica; Medicina Preventiva e Promoção de Saúde (um dos pilares da Medicina Geral e Familiar); e o desafio da Dor Neuropática".

Para António Mesquita, trata-se de "um programa diverso, abrangente e diferenciador, quer na sua forma, quer, sobretudo, no seu conteúdo".



José Roquette: "O elemento agregador"

O médico de família, que desempenha funções no Hospital da Luz Clínica de Odivelas, destaca ainda o facto da Comissão Organizadora deste II Encontro incluir médicos de MGF de várias localidades:

"Tem sido extremamente gratificante fazer parte de uma Comissão Organizadora que une médicos de família de 6 unidades diferentes do Grupo Luz Saúde: Lisboa, Odivelas, Oeiras, Amadora, Torres de Lisboa e Setúbal."

Quanto ao facto da Comissão Organizadora contar ainda com o apoio e envolvimento ativo do presidente do Conselho Clínico Superior da Luz Saúde, revela que "o professor José Roquette, com a sua experiência e disponibilidade, tem servido como elemento agregador destas unidades, fomentando entre todos um verdadeiro funcionamento em rede de cuidados no Grupo Luz".

E acrescenta: "As pontes, já existentes, são naturalmente reforçadas e estendidas, seguindo o desafio lançado pelo Dr João Sequeira Carlos aquando da apresentação deste evento, a todos os colegas de Medicina Geral e Familiar do setor privado, público e social, servindo também este Encontro como oportunidade para afirmarmos um verdadeiro Sistema Nacional de Saúde. Contamos com todos!"

O programa, a inscrição e outras informações do II Encontro na Luz dedicado aos Cuidados de Saúde Primários podem ser consultadas aqui.

Imprimir


Próximos eventos

Ver Agenda