GEMMeeting: «Uma plataforma que aproxima a MGF dos cuidados secundários e terciários»

“A interface entre as especialidades hospitalares e os cuidados de saúde primários deve ser feita, de forma inequívoca, em congressos multidisciplinares.” Quem o defende é Vítor Nogueira Rego, interno de Medicina Geral e Familiar e membro da Comissão Organizadora do GEMMeeting 2020.

O evento, que decorreu este ano pela primeira vez em formato online permitiu, mesmo assim, “continuar a criar pontes de comunicação e de aproximação inquestionáveis entre colegas”.


Vítor Nogueira Rego

Fazendo um balanço positivo da edição deste ano do GEMMeeting, o médico realça que esta reunião anual acaba por ser “uma plataforma que permite aprimorar a consultoria e referenciação para os cuidados de saúde secundários”.



Recorde-se que o primeiro encontro teve lugar há cinco anos, por iniciativa de um grupo de internos de formação específica em MGF dos ACES Gaia e Espinho/Gaia, após a criação da Associação Médica de Gaia e Espinho.

“O objetivo primordial que levou à organização desta iniciativa foi colmatar algumas das lacunas formativas do programa curricular do internato e de aproximar os CSP dos secundários e terciários”, refere Vítor Nogueira Rego.


Inês Almeida e Isabel Abreu

A sua colega Inês Almeida, copresidente da CO, não tem dúvidas em afirmar: “Acreditamos que uma formação de excelência passa exatamente pela multidisciplinaridade e diversidade da oferta formativa e que apenas investindo nos internos poderemos criar especialistas qualificados e motivados para fazer a diferença pela Saúde em Portugal.”

Na edição de 2020 do GEMMeeting, a organização contou com cerca de 300 inscrições e 137 pósteres científicos e comunicações orais a concurso. Números que, no entender de Isabel Abreu, que copresidiu igualmente à CO, demonstram o que foi também visível na prática clínica destes últimos meses de pandemia:


Elementos da Comissão Organizadora

“É incontornável a aprendizagem que adveio desta situação única e especial. A capacidade de resiliência, de adaptação e de luta que os internos demonstraram, e demonstram, só veio reforçar o papel basilar que têm no nosso Serviço Nacional de Saúde.”

No próximo ano espera-se poder vir a realizar-se um evento presencial, mas, mesmo que esse desejo não venha a concretizar-se, fica sempre uma garantia: “Será certamente um GEMMeeting inovador, diferenciador, preparado para aceitar e ultrapassar qualquer desafio e que vai sempre colocar a formação de qualidade como o foco da sua existência.”



Jornal distribuído em todas as unidades de cuidados primários do SNS. 
Porque as boas práticas merecem uma ampla partilha entre profissionais!

seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir