Encontro «Equidade e igualdade de acesso no tratamento da doença mental» (online)

Está agendado para dia 27 de novembro o V Encontro Nacional da FamiliarMente - Federação Portuguesa das Associações das Famílias de Pessoas Com Experiência de Doença Mental.

O evento, realizado em parceria com a Direção do Programa Nacional de Saúde Mental, da DGS, tem como tema central: "Equidade e igualdade de acesso no tratamento da doença mental" e conta com o apoio da Câmara Municipal de Portalegre.

Constituída por associações das famílias e cuidadores informais de pessoas com experiência de doença mental em março de 2015, a Familiarmente é presidida por Joaquina Castelão e tem, como principal objetivo, "a defesa dos direitos das famílias de pessoas com experiência de doença mental, bem como promover e pronunciar-se sobre medidas que visem o apoio e acompanhamento das famílias e das pessoas com experiência de doença mental".


Joaquina Castelão

A reunião decorrerá online, através do facebook da Familiarmente, com transmissão a partir do Centro de Congressos de Portalegre, sendo a inscrição gratuita.

Dois dos painéis do programa serão dedicados especificamente à situação da Saúde Mental no Alentejo e às respostas existentes no Norte Alentejano. Esta última mesa será moderada por Manuel Sardinha, diretor do Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano.

A reunião tem três objetivos claros:
- promover o acesso a intervenções de saúde mental baseadas na evidência e em boas práticas institucionais, privados e sociais;
- contribuir para o fortalecimento da resiliência das famílias;
- desenvolver a cooperação entre as famílias e os Serviços Locais de Saúde Mental na implementação de respostas de tratamento e de reabilitação integradas.


Poder político, políticos e familiares


Tal como é habitual em outras iniciativas dinamizadas pela FamiliarMente, também neste V Encontro Nacional existe a preocupação de envolver o poder político na identificação de problemas e soluções. No âmbito desta discussão conjunta, realiza-se a sessão "Propostas políticas de resposta às assimetrias regionais", que conta com representantes dos grupos parlamentares do PS, PSD, BE e PCP.

O último painel vai ao encontro de outro aspeto considerado crítico pela Associação para uma boa promoção da Saúde Mental e que passa precisamente pelo envolvimento das famílias e da ponte que é necessária construir e reforçar entre os familiares e os profissionais de saúde.

Neste último debate irão participar Mário Antunes, vogal da FamiliarMente, Beatriz Martins, membro da Associação de Profissionais de Saúde Mental de Portalegre, e Delfina Palhau, vice-presidente da Associação Realmente.

O programa pode ser consultado aqui.



Uma nova revista, desenvolvida em conjunto com a Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental (SPPSM). Distribuída aos médicos internos e especialistas de Psiquiatria em Portugal, a publicação estará igualmente acessível a psicólogos e outros profissionais que integram equipas multidisciplinares, bem como outros intervenientes na promoção da saúde mental. 

seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir


Próximos eventos

Ver Agenda